No Gloves On


Leave a comment

5 Truques para Manter a Pele Bem Tratada

São só 5 a meu ver e claro já contando com os dois básicos truques de sobrevivência da pele: dormir bem (umas boas e largas horas de sono o mais regularmente possível) e beber muita, muita água. Aqui vão:

  1. Lavar sempre a cara com água fria. Nunca (nunca mesmo) lavar a pele do rosto com água quente. Ajuda a manter sempre a firmeza da pele e manter os poros bem fechados.
  2. Esfoliar a pele 1 vez por semana (há uma grande quantidade de misturas esfoliantes naturais na internet, com iogurte, mel ou pepino, pêra abacate, etc. muito ‘faça você mesmo’ ou ‘do it yourself’ que são fantásticos…)
  3. Pelo menos 3 vezes por semana passar gelo na cara ou melhor, mergulhar a cara em água gelada (melhor ainda, todos os dias – quanto mais vezes melhor!)
  4. Retirar sempre (sempre mesmo) a maquilhagem da pele e completamente até o algodão continuar branco – estilo o ‘algodão não engana!’ (recomendação: água micelar :)
  5. Usar uma base com protector solar – mínimo 50, porque senão não faz  nada! – e no caso de não usar base, usar protector solar na cara, sempre (um creme que seja recomendado pelo dermatologista, claro ;)

Que tal?

São básicos, fáceis e super-importantes! Boa??

(Deixo aqui os meus exemplos – que me foram indicados pelo meu dermatologista, claro…!)

 

 


Leave a comment

Azul é a Cor mais Quente deste Verão ;)

jonathan-saunders-ss-2016-NGO-d

<Imagens Vogue>


Leave a comment

Cabelo: O Efeito do Desfeito

<Imagens Vogue>


Leave a comment

Think ‘REBEL’ Pink

Dior SS 2016

<Imagens Vogue>


Leave a comment

Última de Jeremy Scott: Um Urso de Peluche… Pois Claro!

SIM! Porque sim!  Porque o Jeremy Scott é louco (louco bom, hein?) e claro que a primeira fragância da Moschino teria que ser um urso de peluche!

Claro…

Claro que assim que soube da noticia  nem ouvi fragrância no meio, só ouvi urso de peluche – Moschino (Jeremy Scott) e pensei logo PORQUE SIM!! E confesso que no que toca a certos criadores como Jeremy Scott, as coisas fazem sentido sempre, é tudo tão claro e tão directo!

No que toca especialmente a Jeremy Scott e a este poder que tem sobre mim – e sobre outros, penso – do ‘Porque Sim!’ (e que estranho poder este, certo? que funciona para alguns criadores e não para outros), não dá para explicar… Talvez seja a sua persona e tudo o que representa. Talvez seja das pessoas mais transparentes que me consiga lembrar no mundo da Moda. Olha-se e entende-se, simplesmente! E o mesmo com as suas criações! É tudo muito claro, sempre e com uma percepção muito crua, sem filtros.

Desde que conheci pela primeira vez os seus trabalhos que mostram a forma como ele vê e se diverte com a Moda, que inconscientemente (ou bastante consciente, até) o vejo e entendo como vejo e entendo o Chapeleiro Louco (The Mad Hatter) da Alice no País das Maravilhas (não o do filme, o do livro, ‘tá??)… E Porquê?

Tenho exactamente a mesma percepção de um que tenho do outro. Porquê??

Não sei! Lá está…

Porque sim!

<Imagens Moschino.com>


2 Comments

E Textura nos Cabelos de Outono??

Se tivesse que escolher uma tendência preferida para os cabelos de Outono, escolhia a textura. Todos os outros ficaram a meu ver arrumados a um canto pela textura dos looks de Outono da Givenchy e da Chanel.

TEXTURA! TEXTURA! TEXTURA!

Cabelos entrançados e carregados de relevo ou cabelos com berloques e apliques deliciosos.  Aquele rabo de cavalo Chanel… Cheio de volume, mas um volume estranhamente natural com tranças de cabelo pelo meio e ainda tiras de tweed, berloques, pérolas, tranças de tecido, etc., etc., etc. – O que é que não está naquele rabo de cavalo, não é??

 

Resultado: BRUTAL!

E aqueles entrançados Khaleesianos* da Givenchy (*Game of Thrones)? Em parelha com o acessório de cabelo (ou acessório de rosto) dos quadrados encarnados ligados por um fio num facial-lifting instantâneo, resultaram num look super dramático. Claro que não recomendo o acessório (pelo menos assim à vista…) mas a textura no cabelo com aquelas tranças…

WOW!

<Imagens VogueStyle.com>


Leave a comment

Look Clássico Mas Com Mais Qualquer Coisa

Na colecção de Emanuel Ungaro fiquei gá-gá com a maquilhagem! Daquela maneira que ficamos quando queremos usar ou experimentar aquela make-up perfeita para os desfiles, mas que na vida real, não tem lugar…

Quer dizer… Há sempre lugar, mas normalmente num tom abaixo, mais discreto…

A ideia para a apresentação foi exagerar a make-up clássica dos anos 70, sabem? Muito à Elizabeth Taylor, aquelas pálpebras azuis e boca bem encarnada, que (lá está) na vida real fugimos porque os deuses da maquilhagem nos ensinaram a concentrar mais na boca ou nos olhos, mas nunca nos dois, certo?

Lucia Pieroni, responsável pela maquilhagem no show, usou o azul esfumado (Paint Pot Clearwater da MAC) nas pálpebras em formato de amêndoa e depois uma ligeira camada de pó em azul pálido para tornar a cor mais intensa e muitooooo rimel bem preto e bem carregado nas pestanas. Na boca passeou entre o Retro Matte , Relentlessly Red e Lady Danger da MAC.

Tudo bem carregado e exagerado, mas que até parece (… será?) discreto?? Talvez não, mas parece…

E funciona!  Adorei!

<Imagens Pinterest, Emanuelungaro.com e WWD.com>