No Gloves On

Porque É Que a Malévola Será Sempre A Maior? (No Spoilers)

Leave a comment

A febre da Malévola começou! E anda por todo o lado. Porquê?

  • Porque toda a gente adora um filme da Disney.
  • Porque toda a gente (practicamente) tem na sua memória de infância, aquela figura meio esverdeada, alta, esguia e com dois chifres (são chifres??) pretos agarrados à cabeça como uma toca.
  • Porque a Angelina Jolie, parece que nasceu para este papel.
  • E porque – admitamos – toda a gente quer saber a versão do vilão das histórias, conhecer o seu lado, não para o desculpar de todas as suas maldades extra-maldosas, mas na tentativa de o perceber, o que o fez tornar-se assim, para nos podermos precaver talvez, não nos vá acontecer a mesma coisa…

Enfim… No meu caso, também entra o factor de adorar a história da Bela Adormecida desde criança, conhecer a história de trás para a frente e a Malévola ser uma personagem altamente intrigante. E também, confesso, queria saber se eram chifres.

Desde criança que embora gostasse das heroínas dos filmes da Disney (que de heroínas a meu ver, tinham pouco), as vilãs – normalmente bruxas e/ou rainhas e/ou madrastas  – eram as minhas favoritas. Não queria de todo que ganhassem no final – clarooooo que não, eu sou do bem! – mas havia qualquer coisa nessas más da fita que falava sempre mais alto e por alguma razão tinham os melhor estilistas, os melhores maquilhadores e cabeleireiros.

Tinham panache! E muita!

Embora fossem más e extremamente perversas (a Rainha Má não só queria a Branca de Neve morta, queria também o coração dela – o que é no mínimo doente!) mas que hoje em dia e depois do Game of Thrones é uma perversão light, coisa pouca, as suas presenças eram sempre mais interessantes que as presenças das heroínas.

Mas a Malévola, sempre me pareceu a mais forte de todas e não apenas porque dominava pelo medo ou respeitinho, pelos seus poderes ou pelos seus animais de estimação, ou pelos seus criadores ou casas de Moda de eleição – um Alexander Mcqueen ou Comme des Garçons lá do sítio – mas porque quando aparece,  rapidamente percebemos que toda a cena foi preparada apenas para esse momento, apenas para ela. Ou seja, bate aos pontos todas as mázonas da Disney!

E o filme da Bela Adormecida a meu ver (bem como o bailado…) foi muito pouco conclusivo no que toca às suas pancadas… ‘Qual era o problema dela? Porquê uma maldição contra uma bebé?’

Porque embora fosse uma personagem ‘do mal’, ela é bastante serena e controlada e esse ódio desmesurado precisava de uma razão um bocadinho maior do que a falta de um convite para um baptizado (parece demasiado mesquinho para ela, muito mais o género da Rainhã Má ou da Madrasta da Gata Borralheira…).

Ou não?

<Imagens Imdb.com e Huffingtonpost.com>

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s