No Gloves On

Nómadas em Paris – by Armani

Leave a comment

Armani Privé S/S 2014

Armani Privé S/S 2014

Nomade – foi o nome que Armani deu à colecção, inspirada (claramente!) em tribos nómadas do Norte de África, Índia e da Europa que vivem sob o céu estrelado (palavras aproximadas às palavras do criador italiano).

Assim que se vêem os primeiros modelos pode ecoar logo (dentro da cabecinha…!) ‘Oh não, outra vez o azul navy!’. Sem dúvida que sim, aconteceu! O criador continua muito apanhado por essa cor (talvez até se tenha tornado a sua signature colour). Sem dúvida também que esse céu estrelado de Armani já se viu muito explorado em várias das suas colecções passadas e adoraria ver o olhar do criador sobre tantas outras coisas. E a forma como ele contrasta  as várias luzes da noite é no mínimo um domínio de mestre. Mas há qualquer coisa nesta colecção que, ainda assim, não deixa todos esses “dejá vus” se prolongarem por muito tempo. Funciona como em crescendo, os modelos vão passando e de repente estamos a ver um mundo nómada na Alta Costura, numa mistura de culturas que só poderia criar algo de muita beleza.

Eu como normalmente fico completamente ZAZADA com as tendências ou influências do mundo do nómada (daí também se percebe a ‘pancada’ que tenho pelas colecções de Riccardo Tisci (oops… Givenchy!) – devo ter vivido uma outra vida com a casa as costas! – dei por mim a descartar completamente qualquer sensação de dejá vu que tivesse sentido no início. Passam os primeiros modelos da colecção e começo logo a ser transportada para o romantismo de uma noite passada sob as estrelas do deserto (sem as temperaturas extremas e com todas as condições possíveis em sonhos, claro!).

Em todas as peças existe uma complexidade bem explorada, usada e abusada que só uma história ou visão sobre o mundo nómada poderia trazer – sobre a pessoa que vai passando e conhecendo tantas lugares e culturas diferentes que a vão preenchendo e tornando cada vez mais forte e mais bonita, usando e tornando parte de si mesma tudo o que de melhor vai conhecendo. Mas esta história que está por trás, não deixa de parecer uma nova atitude ou um novo olhar de Armani sobre a mulher que ele quer vestir.

Será que ao querer explorar esse espírito nómada, não estará a definir um novo percurso…? Aguardamos os próximos episódios/colecções…

imagens Style.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s